Como eles crescem

quarta-feira, outubro 11, 2006

Pestinhas quase bons

Estes últimos dias não foram nada faceis, primeiro a Madalena com uma otite e depois o Henrique com uma amigdalite.
6ª feira- Já a Madalena estava a fazer o tratamento com antibiótico Amoxicilina ( o 1º ), telefonam-me do colégio do Henrique a dizer que ele tinha almoçado com muita dificuladade e que estava um pouco quente, telefonei ao papá para vir ter connosco e aproveitei marquei pediatra para o dois, ela para ver a evolução da otite e ele para confirmar o que se passava, embora eu já desconfiasse.
Lá fomos os 4, a Madalena estava quase boa da otite e o Henrique tinha uma amigdalite e uma otite.
Desta vez a receita para ele foi uma injecção de penicilina, em vez do antibiótico, até porque quando ele está assim não consegue tomar nada.
De seguida fomos com o pestinha tomar a injecção, portou-se como um homem no inicio, mas aquele liquido a entrar não é nada fácil (eu conheço-o bem) e por fim foi o pranto, para além de ter ficado tonto e combalido.
Decidimos ir ao Toys r us porque ele precisava de andar para a zona da injecção não ficar tão dorida.
Lá andou como se nada fosse e teve direito a uma prendinha.
Noite de 6ª feira febre 39º, Benuron e Brufen, paninhos húmidos na testa.
Madalena a acordar de 3 em 3 horas para mamar.
Nesse momento fiquei feliz por sermos dois. Foi uma noite passada em branco.
Sábado-Papás de rastos.Madalena bem disposta. Henrique ainda com febre e mole.
Noite: Madalena dormiu 7 horas seguidas. Henrique febre cedeu e dormiu muito melhor. Papás descansaram o corpo e o coraçãozinho que estava apertado.
Domingo- Foi dia de brincadeira em casa, estava tudo quase a 100%.
2ª Feira- Pela 1ª vez a mamã ficou com os dois pestinhas em casa, queria confirmar que a febre do Henrique tinha ido embora de vez.
Confesso que estava nervosa, mas tudo correu muito bem e mais uma vez o meu filhote surpreendeu-me, foi ele quem mais me ajudou.
Quando a mana tinha fome e começava a chorar, era ele quem a distraía enquanto eu fazia o leite.
Quando ela resmungava por a chucha ter caído era ele o 1º a chegar perto dela. Incrivel!
3ª Feira- Regresso à rotina diária.
Apesar destes dias complicados em que eu duvidava poder resistir ao cansaço e à tristeza de vê-los assim, agora as coisas estão mais calmas e eu mais tranquila, afinal quando eles estão bem nós também estamos.

2 comentários:

A mamã disse...

Ufa que dias stressantes amiga...mas ainda bem que estão bem e recuperdos
Mil beijinhos
Paula

Gina disse...

Que bom que eles já estão melhores! Imagino, estes últimos dias, amiga... devem ter sido estafantes! Mas o importante é que os pestinhas já estão a recuperar! :)

Beijos