Como eles crescem

terça-feira, fevereiro 12, 2008

Eles

Ela é bem mais arisca que ele, se não tem o que quer grita ou faz o possível para chamar a atenção, nem que se tenha de atirar para o chão (esta pirralhita de 18 meses).
Ele é um pestinha, mas com a irmã é muito calmo , atencioso e meigo e sempre que pode ajuda-a no que é preciso.
O que aconteceu nesta manhã de domingo foi presenciado por mim, qe andava a arrumar o quarto:
.o pestinha estava a brincar com os bonecos, e ela chega-se perto dele e tira-lhe o boneco, assim de repente, ele como não gostou tira-lhe o boneco a ela, ela automaticamente levanta a mão e dá-lhe uma palmada na cara, nessa altura eu intervi e chamei-lhe a atenção e sentei noutro sitío para ela perceber que estava errada e "obriguei-a" a fazer as pazes com o irmão.
Enquanto a irmã estava no chão a chorar, o pestinha sai-se com esta:
-"Mamã, deixa estar ela não sabe que bater e gritar assim é violência, ainda é muito pequena."
Ele tem 5 anos, mas com a sua postura e a sua bondade fez-me ver algo que muitos adultos não têm, uma enorme capacidade de perdoar.

3 comentários:

Nostálgica disse...

Se os adultos conseguissem ter essa capacidade..:)

beijinho

Sandra e Amaro disse...

Realmente o teu menino teve um gesto lindo!!!!!!!1

Jocas

ana_paula disse...

Que giro lá em casa é igual o pestinha baby anda a bater ao grande e o grande (7 aninhos) perdoa tudo

Bj