Como eles crescem

quinta-feira, novembro 17, 2005

Tristinho

.
O pestinha como tem sido hábito últimamente, porta-se como um "homi" de manhã quando vai para a "escolinha", neste momento são raras as vezes em que faz birra, pelo contrário habituou-se tão bem à sua rotina diária, que vejo que gosta de chegar lá e cumprimentar os amiguinhos, a educadora, as auxiliares, e à tarde quando vou buscá-lo demora sempre alguns minutinhos a "mentalizar-se" para ir para casa.
.
Hoje de manhã também correu tudo bem, e lá foi ele de Tartaruga Ninja na mão...mas quando estávamos a chegar à sua sala para pendurar-mos a mochila (tarefa que fazemos juntos), começou a perguntar-me:
-Mamã, vais tabalhar? - perguntou com uma carinha triste.
-Sim meu amor.
Acompanhou-me até à saída (também como é hábito) e lá ficou no pátio de tartaruga na mão mas de carinha triste e um pouco apático a tudo o que o rodeava, incluindo os amiguinhos que lá foram meter-se com ele.
Conforme eu me encaminhava para a porta, espreitava e dizia-lhe adeus, e ele sempre com aquela carinha triste acompanhava os meus passos e levantava o braçito para me dizer adeus também...
.
Sei que neste momento ele deve andar todo animado na brincadeira com os amiguinhos, mas aqueles momentos de manhã deixaram-me de coração apertadinho...

11 comentários:

Carla disse...

Olá Paula, bom dia.
Hoje o meu Tiaguinho também preferia ter ficado comigo...
E eu venho tão triste....
Mas tem de ser!
Então e tu, como tens passado?
Chegaste a ir à medica?
Tenho acompanhado o teu blog, gosto muito!:)))
Um beijinho

Carla + Tiago o Piratinha

Carla Isabel disse...

Olá querida

Somos tão mães galinhas!Eu percebo-te tão bem!Pk também fico assim!

Bjs e temos que relaxar!

Carla

Clara Sonhadora disse...

Imagino...

Mas não há volta, não é?

Bjos

AnaBond disse...

oh... mas ao menos ele entende que tens de ir... é um bom começo.

beijo.

Ana Santos disse...

Olá,
Hoje o tesourinho ficou em casa com o pai, já chorava ao ver-me sair sem vir comigo, depois o pai sentou-o na janela e ele ficou bem a ver-me ir embora.
Beijinhos,
ana e tesourinho + anjinho

Carolina disse...

A mim,por mais feliz que ela esteja,custa-me sempre. Acho que o sentimento é unânime para todas nós. Como disse a Carla Isabel,somos todas umas mamãs galinhas:)
E ainda bem!
Bjs

Carla disse...

Paula,

Obrigada pelo teu post.
Quanto ao teste... vou fazer no sabado...
... mas por acaso ... tenho um feeling positivo.... vamos ver...
Amanha diz qq coisa, ok?
Um beijinho

Carla + Tiago Piratinha

Beguinha disse...

Eu, a 2 meses de deixar, pela primeira vez, o meu bebé na creche... não sei se fico mais angustiada ou confiante depois de ler os vossos testemunhos... por enquanto ainda penso que nunca serei capaz!

Leonor disse...

Ai ai, estou a ver que também vou ser uma mãe galinha assim.... :)

XanaA. disse...

É natural às vezes sentir-se mais nostálgico... É como nós: uns dias estamos mais alegres, outros dias menos. :)

Se não fosse para a escolinha, se calhar também ficava em casa com saudades dos colegas. :)

Bjs

miminhos
de pano

flor de leite

Rute disse...

Acredito k n deve ser nada facil virarmos gostas aos nossos pestinhas qd eles estão assim tristinhos...