Como eles crescem

terça-feira, março 28, 2006

Um pequeno acidente

Ontem, quando cheguei à "escolinha" para ir buscar o meu pestinha, tive uma surpresa, daquelas que nós não gostamos mesmo nada, mas que aconteçem.
Mal entrei a porta do páteo onde os meninos brincavam mesmo antes de avistar o Henrique, a auxiliar dirige-se na minha direcção (normalmente isto é sinal de que alguma coisa se passou, pelo menos pela rapidez com que o fez), passados alguns segundos também o pestinha já estava agarrado às minhas pernas, mesmo antes de eu olhar para a carinha dele, ela começou a explicar-me, que o Henrique ía a correr, tropeçou (por acaso foi no pé dela, gostei da sinceridade) e caiu sem ter tempo de apoiar as mãos completamente, resultado uma parte do lábio quase sem pele, resultado da raspadela no chão.
Nada de grave, apesar do inchaço, e da falta de pele que se notava.
Ponto da situação: o local já tinha sido desinfectado e tratado, já tinham colocado gelo, e o pestinha continuava a brincar normalmente com os amiguinhos, o que era muito bom sinal!
Foi o que eu disse à auxiliar, estas coisas aconteçem tanto connosco pais, como na "escolinha" o que realmente faz toda a diferença principalmente a nível de colégio onde o nosso filhote se encontra, é haver tratamento imediato, comunicação e explicação aos pais, e caso seja necessário utilização do seguro escolar.
Na minha opinião tudo foi feito da forma mais correcta, é claro que ontem o pestinha precisou de uma dose de mimos extra, e mais algumas atenções relativamente à ferida, mas nada de especial.
Aqui peço especial atenção às mamãs que têm filhotes no infantário, é muito importante ter-mos em atenção a forma como eles são tratados, e se há comunicação entre ambas as partes (colégio/pais) porque se isso não aconteçe alguma coisa está mal.

19 comentários:

Marlene disse...

Essas coisas acontecem, ams n deixam de nos deixar preocupadas!!!

Marlene disse...

Essas coisas acontecem, ams n deixam de nos deixar preocupadas!!!

Gudrun disse...

No infantário do André também é assim, quando acontece alguma coisa eles tem o cuidado de informar logo.

Ps - na sexta-feira passada um coleguinha do André empurrou e ele também se aleijou num lado (nem se via), mas as educadoras avisaram logo do sucedido.

PS - Mas se no infantário tem estas atitudes nos ficamos mais sossegadas não é?

Bjs e felicidades

Gina disse...

Tens toda a razão... no infantário do Gonçalinho, felizmente, existe tratamento imediato (inclusive a ida ao hospital, se for caso disso) e uma comunicação constante e imediata (quando estava na urgência, a dona do infantário ligou-me para saber como estavam as coisas... somos quase como uma família). Tive muita sorte!
Beijos e as melhoras do Henrique

Mamã trintona disse...

São coisas que podem acontecer tanto em casa como na escolinha.
Acho que foi mesmo a melhor atitude, ao te informarem antes de veres o teu filhote. Se teve logo tratamento adequado, ainda melhor.
As melhoras rápidas.
Joquinhas
Sofia

Rita disse...

Valeu a sinceridade da educadora. é muito importante.

Jinhos

Rita

Raquel disse...

É normal estas coisas acontecerem...mas relamente é importante percebermos que a atenção e cuidados prestados não são negligenciados.
Tudo está bem...as melhoras do lábio!

sol13 disse...

Sim realmente a confiança no infantário é essencial.
Mas tudo acabou em bem apesar da ferida do pestinha.

Bjokas

Marta disse...

Acontece! Fico sempre 10 ou 15 minutos a falar da Mª com as Mães temporárias dela qdo a vou buscar. Acho q é a melhor forma de estar tb perto dela na minha ausência.
Obrigada pela tua visita ao meu canto. "Folhei" este teu album todo e gostei. Já estás nos meus favoritos e com tempo linko-te.
Achei curioso seres de Oeiras. Cresci em Tires. Conheces?!
Jocas

Marta disse...

Ah, e parabens pela barriga e pelo filhote muito meigo e com um nome muito lindo q tens. E um maridão tb P, como o meu.

Marta disse...

Tb n perdes muito (por n conheceres Tires)! Era só para saberes q conheço muito bem Oeiras!

Carla disse...

E hoje o Henrique está melhor?

:)))))))))))


Beijinhos!

Carla + Tiago

Rute disse...

Que bom que tens confiança com o infantário. É claro que els não para quietos e podem magoar-se seja onde for. O importante é dar a importância devida ao assunto e explicar aos pais exactamente o que se passou.
Um grande beijo e as melhoras para a boquinha dele

Ana Santos disse...

Olá,
O meu tesourinho na sexta feira quando o fui buscar à creche viu com pomada no nariz a auxiliar quando me entregou o saco dele disse que já deram por ele com o nariz arranhado (está do alto a baixo ) não sabem se foi outra criança que lhe fez se foi quando mergulhou na piscina das bolas pois costuma ter brinquedos dentro, se foi nalgum brinquedo, ele não chorou por isso já o viram daquela maneira. Mesmo tesourinho só chora se for coisa que chegue bem dentro, mas ontem ao ver-se ao espelho chorou quando viu o arranhou.
As melhoras para o pestinha, deve ter ficado com a boquinha dormenta da pancada tadinho
Beijinhos
ana e tesourinho + anjinho

Sorrisos da minha Alma disse...

De facto é normal eles tb se magoarem não escola, o unico senão é não estarmos lá qd eles se magoam para dar o tal miminho que eles precisam tanto :-(
Minha duda esta a recuperar devagarinho. Obrigado pelo teu miminho no meu canto.
Beijinhos

mãe gabi disse...

é muito bom quando a relação clegio/pais é sincera frontal e sem rodeios.
acidentes acontecem apesar e eu falo por mim não gostar mesmo nada quando eles acontecem ( ninguem gosta)
jinhos no doi doi !

Rita disse...

É bom saber que o lugar onde esles passam o dia, tem boas condições e desempenham um bom trabalho. Dá uma segurança extra. Bjinhos.

guga disse...

Ainda bem que foi uma coisa menor mas foi tudo muito bem tratado.

bjs Sandra

Maria Carla disse...

E ele está melhor? O que a pele das crianças tem de bom é que cicatriza num instante! E quando temos "pestinhas" temos de estar preparadas para avarias desse tipo...não é? O ainda bem que avisaram no infantário, é sinal que estão atentas. Pior é quando chegamos a casa tiramos a roupa e começamos a ver as "mazelas"...
Bjs...tudo de bom para vocês