Como eles crescem

segunda-feira, abril 23, 2007

Update

Parece que estou de volta e espero mais assiduamente.

A operação do Henrique (circuncisão)
Correu bem e a simplicidade toda que me foi demonstrada complicou-se um pouco, apesar de ser uma intervenção simples que demora 40 minutos, os pós operatório é muito dificil.
Em primeiro lugar o Henrique não acordou bem da anestesia, o que fez com que lhe tivessem de dar um calmante forte para voltar a dormir e acordar, desta vez já mais calmo.
Depois dos os vómitos que chegam mesmo a vias de facto, embora a enfermeira explicasse ser normal e bom para o organismo porque ficava "limpo" da anestesia.
Ele foi operado e saiu no mesmo dia, porque como é normal na maioria dos casos, ao final da tarde já tinha parado de vomitar, já comia e já fazia xixi.
Em casa o medo e o receio de fazer xixi, fazia-o aguentar o máximo possível o que na maioria das vezes acabava numa poça no chão, apesar do aparato isso deixava-me descansada porque ele tinha de habituar-se a fazer xixi com a "nova" pilinha.
Depois era a mudança de penso, e aí sim as coisas complicavam-se, pois era mais doloroso.
A compressa tinha de ser encharcada em soro, para descolar com facilidade da pilinha, posteriormente era a limpa com soro, seca e aconchegada com duas compressas com bastante vaselina.
O Henrique levou onze pontos, que passado uma semana infectaram, ele que já fazia xixi na sanita e já não tinha dores...senti-me a voltar novamente à estaca zero.
Era inevitavel, teve de fazer antibiotico, melhorou o inchaço quase que desapareceu e finalmente no final da semana passada começaram a cair os pontos, já só tem 3.
Hoje já foi à "escolinha" passar umas horas com os amigos :o)
Fica registada a coragem do pestinha que em muitas vezes ultrapassou a dos pais que por vezes fraquejavam, é incrivel esta capacidade das crianças de superar estas pequenas adversidades.
Já passou...


13 comentários:

Mãe Mimocas disse...

Realmente tens aí um valentão! Deve ter sido muito difícil a adaptação para ele...
Gostava de te escrever mais palavras amigas, mas a verdade é que nunca passei por uma situação dessas e tudo o que eu penso ou acho deve estar longe daquilo que sentiste e viveste...
Desejo que corra tudo bem nessa fase de adaptação e desejo também muita felicidade para vocês!

Uma beijoca enorme com muito carinho!

rakel disse...

Pois. O meu marido também ainda hoje recorda essa como a pior parte, a troca dos pensos. Mas já passou. Imagino que não deva ser nada fácil vê-los assim. Mas pronto. Já está.
Um beijo no Pestinha corajoso!

mãe gabi disse...

beijos mimosos para voces!

A mamã disse...

Tchi tadinho do Henrique ..não deve ter sido nada fácil mmesmo
Ainda bem que já passou
Bjinhos
PAULA

Ana disse...

oh miga..até doi só de ler..
Mas o henrrique é forte e valente!
Vais ver que logo logo está tudo ok.!
as melhoras!

beijinhos

ana e susaninha

patricia&ninos disse...

***** para voces os dois mas mais ***** para o Henrique que é um valente!!

Já passou amiga...

Bjs
Patrícia

sorrisos da minha alma disse...

De facto um menino grande que tu tens, não deve ter sido nada facil para ti e mais para ele.
Ja passou...
Um beijo grande em vós

mamã Xana disse...

Que fique tudo bem, muito depressa!
Beijinhos

florbola disse...

Hooo.. coitadinho... ao lêr este post até fiquei arrepiada!!

Felizmente já passou!!!

Um beijinho grande de melhoras para ele. Realmente foi muito corajoso!!!

Beijinho.

sol13 disse...

Não deve ser fácil ve-los assim a sofrer...mil vezes sofrermos nos em vez de eles.
Mas já passou e o teu pestinha foi um grande Homem.

Bjokas docinhas para todos vocês.

Carla disse...

Ó amiga, ao ler o teu post fiquei com um nó na garganta... deve ter sido muito dificil para ele, (e para ti) mas ele foi um herói!!

Já passou....

Beijinhos

Smas disse...

Que aflição!
Só uma pergunta que me deve ter escapado: porque é que ele teve de ser operado?
É que o médico mandou puxar a pele da pilinha do meu filho mas muitas vezes ele não deixa e eu tenho medo de acabar em operação.
Um beijo para ti e um enorme para o Henrique!

Os Papás disse...

É um valentão, o Henrique.
E, como sempre, parece que sofremos mais nós do que eles...
As melhoras muito rápidas
Beijinhos da Joaninha e dos Papás.